Na semana passada e no decorrer deste mês, outubro, a ATI 39/Nacab está realizando reuniões nas 11 comunidades que assessora para discutir a melhor forma de participação de seus moradores nos assuntos relacionados ao impacto da mineração. São discutidos temas como: instâncias de participação, os melhores horários para reuniões, ações em conjunto com os moradores, divulgação de material digital e impresso e outros assuntos. Durante os encontros também são explicados os limites e ações da ATI 39 junto das comunidades atingidas.  

No dia 28/09 as reuniões aconteceram nas comunidades do Turco, São José do Arruda, Água Quente. No dia 29/09 os locais foram São José da Ilha e Taporoco, Passa Sete, na quinta, 30/09, Itapanhoacanga e Beco e na sexta-feira 01/10, duas reuniões: uma no Sapo e Cabeceira do Turco (comunidades que se reúnem juntas) e em São José do Jassém. As próximas, também, serão feitas nas 11 comunidades. 

 

Mobilização

As reuniões são fruto de um trabalho prévio de mobilização. Desde o mês passado, setembro, a equipe de Mobilização tem visitado os moradores das 11 comunidades para reunir as principais demandas, dúvidas, apresentar o nosso trabalho e convidar para os encontros presenciais.   

Nas fotos: reuniões do dia 28/09 nas comunidades do Turco e de São José do Arruda.