A Assessoria Técnica Independente da Região 3 (ATI R3) apresenta seu segundo balanço de atividades, agora referente aos meses de janeiro, fevereiro e março de 2021. O objetivo do material é mostrar as atividades que foram realizadas nesse período, no âmbito do processo de reparação das famílias atingidas da região 3. O balanço dos meses anteriores pode ser encontrado neste link.

Passamos pelo mês de janeiro lembrando os dois anos do desastre-crime, com campanhas e atividades que denunciaram os danos causados e ainda sofridos pelas pessoas atingidas. E iniciamos fevereiro com a empresa Vale, o governo de Minas e as Instituições de Justiça assinando um acordo para reparação dos danos coletivos e difusos do processo judicial. 

Com isso, entramos em uma nova fase de trabalho para as ATIs que atuam na bacia do Paraopeba. Passou a integrar a agenda da ATI R3 o desafio de pensar e promover a participação das pessoas atingidas na destinação dos recursos previstos no acordo, principalmente nos Anexos I.1, I.2 e I.3. 

É essencial concebermos um processo de participação ativa, com instâncias que viabilizem a presença e o envolvimento real das comunidades na construção das ações e nas discussões sobre a destinação dos recursos. Nesse sentido, diversas ações estão em curso na Região 3, como atividades formativas, assembléias, reuniões, lives e a construção de propostas de projeto.

Com este material, o Nacab quer compartilhar com todos o balanço dessas ações desenvolvidas de modo que comissões de atingidos e comunidades possam ter uma visão ampla das principais atividades realizadas pela ATI R3. Além disso, garantimos também a informação qualificada e a transparência institucional, importantes pilares de nosso trabalho. Boa leitura!

Baixe aqui o novo relatório de ações NACAB EM CAMPO.